Alcaides do Castelo de Miranda

Alcaides do castelo de Miranda

1385 – Pedro Lourenço de Távora – Governou Miranda com o título de Alcaide Mor, foi armado cavaleiro em Aljubarrota por D. João I; fez-se frade por ter entregado por ludíbrio a praça de Miranda aos Espanhóis;

1466 – Álvaro Pires de Távora – Segundo Alcaide Mor;

1483 – Pedro Lourenço de Távora – Terceiro Alcaide de Miranda e primeiro Senhor de Mogadouro;

1500 – Álvaro Pires de Távora – Quarto Alcaide e segundo Senhor de Mogadouro;

1535 – Luís Álvares de Távora – Quinto Alcaide Mor e que em 1535 fez parte da expedição a Tunis;

1578 – Luís Álvares de Távora – Sexto Alcaide Mor que morreu em Alcácer Quibir em 1578;

1628 – Luís Álvares de Távora – Sétimo Alcaide; fez parte da expedição à Baía de todos os Santos em 1628;

1652 – António Luís de Távora – Oitavo Alcaide, 3º. conde de Miranda, 1º. Marquês de Arronches, tenente general de cavalaria;

1672 – Luís Álvares de Távora – Nono Alcaide, Governador da Província de Trás-os-Montes e que muito se notabilizou na guerra da Aclamação;

1721 – António Luís de Távora – Décimo Alcaide, Tenente General de Cavalaria em Trás-os-Montes;

1746 – António Sampaio Melo e Castro Morais Torres de Luizignan – Primeiro Conde de Sampaio, Alcaide Mor de Miranda, General de Cavalaria e Governador das Armas de Trás-os-Montes;

1813 – Manuel António de Sampaio Melo Morais Torres de Luizignan – Primeiro Marquês e Segundo Conde de Sampaio, Alcaide de Miranda e Inspector Geral de Cavalaria.