Danças Mirandesas – Balentim, Trás, Trás! …

Danças Mirandesas - Balentim, Trás, Trás! ...

Este bailado repasseado é de extrema rapidez. As suas voltas coreográficas desenvolvem-se segundo as desenhos das giriboilas, para todos os efeitos. A sua letra é de tema curto, repetindo-se sempre as duas redondilhas, com o respectivo estribilho.Foi trazido cerca de 1950 para Duas Igrejas, por rapazinhos ciganos, aqui nascidos e criados.

Aquel rapaz,
Das botas amarelas,
Já me perguntou,
Se eu era donzela,

Se eu era donzela,
E eu que sou, que sou?
Aquél rapaz
Já me perguntou …

Estribilho
Só quero o Balantim,
Balantim, Trás, Trás! …
Só quero o Balantim,
Que há-de ser o meu rapaz!.

Repete a primeira parte, depois a segunda, até quatro ou cinco voltas.

Fig. 1 - Musica do bailada Balentim, Trás, Trás.