Receitas

Receitas

 Posta à Mirandesa

Ingredientes:

Posta de carne mirandesa devidamente certificada (naco de carne entre 250 a 300 gramas, grossa e não espalmada), por pessoa;

Sal,

Confecção:

Assar em brasas principalmente de lenha de carvalho.
O assado deve ser feito alternando somente uma vez as duas faces da posta de maneira a que esta fique mal assada;
Tirar a carne e colocá-la numa travessa ao lado do lume para que esta deixe escorrer o molho que vai ser necessário para a elaboração do molho de acompanhamento.

Molho:

Junte-se azeite caseiro com vinagre, sal, louro, um dente de alho picado, uma malagueta, mexa-se tudo de maneira a que o molho fique a dar ao vinagre e por fim adicione-se o molho da carne (em proporção) que tinha ficado a escorrer na bandeja junto ao lume.

Nota: Quando a carne é boa não precisa de molho, só sal.

Acompanhamento:

Batatas a murro
Uma boa pinga caseira
Pão caseiro
Pimentos assados

 Bola Doce Mirandesa

3 ovos;
1 copo de vinho de gordura;
½ copo de margarina;
½ copo de azeite;
1 tigela de água;
1 tigela de leite;
(+/-) 50 g de fermento padeiro;
1kg de farinha.

Confecção:

Deita-se a farinha num tacho e juntam-se os ovos, a gordura e a água misturada com o leite. Amassa-se tudo muito bem e se for preciso mais água, acrescenta-se.

Vai levedar num lugar quente ou embrulhado numa toalha ou cobertor.

Quando duplicar de tamanho ou quando a massa abrir gretas, está leveda.

De seguida aquece-se um tabuleiro de alumínio e unta-se com margarina ou azeite. Estende-se um bocadinho de massa com um rolo e forra-se o tabuleiro de forma que fique massa para fora do tabuleiro (esta camada deve ser mais grossa do que as seguintes). Pincela-se com óleo.

Numa tigela, mistura-se açúcar escuro e canela e coloca-se uma camada por cima da massa.

A partir daqui põem-se camadas de massa e açúcar o mais finas possível.

A última camada tem que ser mais grossa e cobrir totalmente o tabuleiro. Viram-se as pontas de massa que ficaram de fora na primeira camada e comprime-se com um garfo. Polvilha-se com açúcar branco se canela.

Com um palito pica-se a massa mas sem atingir a primeira camada.

A bola está cozida se ao abana-la ela se desprender.

Ao desenformar deve ter-se o cuidado de a virar para cima.

Rancho

Ingredientes:
Para 6 pessoas

250 g de massa cortada ou de meada ;
500 g de grão (cerca de 7,5 dl) ;
1 kg de batatas ;
500 g de vitela de cozer ;
1 linguiça (chouriço de carne) ;
200 g de presunto ;
1,5 dl de azeite ;
1 cebola ;
colorau ;
malagueta ;
hortelã ;
sal

Confecção:

Põe-se o grão de molho na véspera.

Descascam-se as batatas e cortam-se 2 ou 3 em cubos. As restantes cozem inteiras com os ingredientes citados, com excepção da cebola e dos temperos.

Entretanto, pica-se a cebola e aloura-se com o azeite.

Quando todos os ingredientes estiverem cozidos, retiram-se as batatas inteiras, esmagam-se e voltam a introduzir-se na panela. Deita-se também na panela o refogado a ferver. Tempera-se com sal, colorau e malagueta.

Retiram-se as carnes, cortam-se em bocadinhos e deitam-se outra vez na panela. Rectifica-se o tempero e junta-se a hortelã, ou cada um deita no seu prato um raminho.

 Caldo de vagens e abóbora

Ingredientes:

200 g de feijão amarelinho (de entre o milho);
500 g de vagens cortadas à mão, limpas de fios;
Abóbora q. b.;
Duas cebolas;
Toucinho q. b.;
1 dl de azeite,

Confecção:

Põe-se o feijão de molho de véspera. No dia seguinte, colo­ca-se ao lume numa panela com água fria, juntamente com o toucinho e o azeite.

Depois de cozido o feijão, junta-se a cebola picada, as vagens cortadas à mão, a abóbora aos cubinhos e o sal.

Depois de muito bem cozido, serve-se este caldo em tigelas

Fonte: Cozinha Regional de Trás-os-Montes
de: Maria de Lurdes Torres Pereira
Publicações Europa-América

 Bacalhau Assado com pão de Centeio

Ingredientes:
Para 4 pessoas

4 postas de bacalhau;
2 dentes de alho;
4 fatias de pão de centeio;
3,5 dl de azeite (aprox.);
800 g de batatas.

Confecção:

Demolha-se o bacalhau muito bem. Depois escorre-se e coloca-se num recipiente que possa ir à mesa e ao forno (geralmente assadeira de barro). Pica-se os dentes de alho e espalham-se sobre o bacalhau. Tempera-se com pimenta e rega-se abundantemente com o azeite.

Esfarela-se uma fatia de pão sobre cada posta de bacalhau e leva-se a forno bem quente durante 20 m. Durante a assadura deve regar-se o bacalhau várias vezes com o azeite.

Acompanha com batatas cozidas com a pele e inteiras, se forem pequenas; se as batatas forem grandes, faz-se-lhes uma racha (golpe).

 Licor de Cidreira e Hortelã

Ingredientes:

Um litro de aguardente;
Um quilo de açúcar;
Cidreira;
Hortelã-pimenta.

Fazer uma base com a aguardente e o açúcar que demora cerca de três meses para atingir o ponto certo. A garrafa deve ficar fechadas e deve ser agitada para dissolver o açúcar.

Em três copos de água a ferver juntar 500 gramas de cidreira e um pouco de hortelã pimenta. Adicionar à base de aguardente e açúcar e agitar.